Anuncio!!

Anuncio!!

domingo, 31 de julho de 2016

Considerada musa dos homossexuais, Ivete é processada por casal gay


Coincidência e de caso pensado, a cantora Ivete Sangalo vem falando constantemente sobre os gays e a homofobia. O que pouca gente sabe é que a artista está sendo processada por um casal gay que foi agredido durante apresentação da artista, em junho deste ano, no Centro de Tradições Nordestinas (CTN), em São Paulo.
Caio da Rocha e Daniel Camargo ajuizaram uma ação com pedido de indenização por danos morais e materiais contra a cantora, representada por sua empresa Iessi Produções e Eventos, além de processar o próprio CTN. O casal quer reparação por falta de segurança no local, além de homofobia, e pede indenização de R$ 1,5 milhão. Eles ficaram com diversas marcas de agressões em todo corpo.

Em entrevista para a TV Globo, eles disseram que foram agredidos pelos próprios seguranças do evento, e que, durante a agressão, disseram que “gay e ladrão tinha que morrer mesmo”. Ressaltaram que sofreram com muitos chutes dos seguranças, que foram enforcados e jogados no chão. Um dos rapazes disse que as agressões começaram dentro e terminaram fora do local de show.