Anuncio!!

Anuncio!!

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Oito rapazes são investigados por abusar de menina de 11 anos no Piauí


O caso teria ocorrido há 20 dias na cidade de Geminiano, Sul do estado do Piauí.

Segundo delegado, vítima relatou que abusos ocorreram mais de uma vez. A Polícia Civil do Piauí investiga há 20 dias o caso de uma menina de 11 anos abusada sexualmente por oito homens, sendo dois deles adultos, em Geminiano, a cerca de 600 km de Parnaíba. Segundo o delegado geral Riedel Batista, os abusos ocorreram mais de um vez e em locais diferentes. Os suspeitos ainda teriam gravado vídeos.

"Familiares da garota procuraram a Delegacia Regional de Picos para denunciar o abuso sexual de cinco maiores e três menores de idade em Germiniano. A vítima foi ouvida pelo delegado Divanilson Sena e relatou que não ter sido abusada por todos ao mesmo tempo, mas em dias diferentes, não configurado como estupro coletivo e sim estupro de vulnerável", revelou o delegado.

Após a denúncia, o delegado titular de Picos começou a investigar quem seriam os suspeitos do crime e conseguiu apreender um dos vídeos feitos do abuso sexual. Até o momento, cinco menores e dois maiores de idade foram identificados.

De acordo com a investigação, os atos libidinosos teriam acontecido pelo menos três vezes: em uma construção, no campo de futebol e na quadra esportiva. O primeiro abuso foi praticado por um menor de idade, já o segundo caso aconteceu com a participação de três menores. Na última vez, a garota manteve relação com mais pessoas, sendo dois deles adultos.

"A mãe da garota só foi denunciar os abusos depois de um tempo. Ela primeiro procurou o Conselho Tutelar de Germiniano e depois prestou queixa na delegacia. O delegado do caso já solicitou a perícia no vídeo apreendido, algumas pessoas foram ouvidas e feitos exames na vítima", informou Riedel Batista.

O delegado geral destacou ainda que a investigação encontra-se bastante avançada e perto da conclusão. O caso deve ser encaminhado em breve ao poder judiciário, com a solicitação de prisão e apreensão dos suspeitos.


Fonte: Do G1 PI