Anuncio!!

Anuncio!!

sábado, 30 de julho de 2016

Parnahyba poderá ter três desfalques importantes para enfrentar o CSA


O Parnahyba tem um confronto de vida ou morte no domingo contra o CSA. Depois de ser derrotado em casa na primeira partida da segunda fase da Série D, o time comandado por Fernando Tonet tem que surpreender o adversário nos seus domínios para ainda sonhar com uma vaga nas oitavas de final. E para fazer isso, o time ainda precisa superar o desfalque do zagueiro Marcos Gasolina e as possíveis ausências de Fabiano e Luciano, que sentiram dores durante a semana.


Gasolina é carta fora do trabalho. O jogador levou o terceiro cartão amarelo no primeiro jogo contra o CSA e cumpre suspensão automática. Para o seu lugar o mais provável é que Tonet promova a estreia do zagueiro Allan Rosário, contratado na última semana. Outras duas posições também não estão confirmadas. O atacante Fabiano sentiu dores na panturrilha durante a atividade de quinta-feira e deixou o treino mais cedo, enquanto o volante Luciano fez apenas tratamento com gelo. O técnico faz mistério sobre a escalação.


- Nada é confirmado. Os dois tem a possibilidade de jogar, mas vai depender da forma como o time vai jogar e da recuperação deles - diz Tonet.


A missão do Parnahyba não é fácil. O time precisa vencer o CSA fora de casa por dois gols ou mais (ou por um gol, marcando duas vezes ou mais) se quiser sonhar com uma vaga nas oitavas de final da Série D. Um trabalho difícil, mas que Tonet acredita ser possível de ser bem realizado.


- Eu acho que é possível. Existem duas possibilidades analisando friamente, ou classifica ou fica fora, é 50%. Claro que o CSA tem mais chances do que a gente, tem a vantagem do empate ou de perder por 1 a 0. Mas jogo é jogo, eu acho que a gente tem chance de reverter a situação - analisa o treinador.


O Tubarão está de viagem marcada para Maceió na tarde deste sábado, saindo do aeroporto de Parnahyba. A chegada na capital alagoana está prevista para o início da noite e na tarde de domingo o time vai ao estádio Rei Pelé para tentar surpreender os dono da casa.





Por Wenner Tito/G1 |