Anuncio!!

Anuncio!!

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Visando Piauiense, Ferrim se reapresenta no CT

Renneé Fontenele
(08/01/2018)

Reapresentação do Ferrim no CT Cobrasil. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
Após o recesso de final de ano, o grupo tricolor voltou aos trabalhos na tarde desta segunda-feira (8). Na expectativa do estadual sub19, o Ferroviário Atlético Clube retornou aos gramados do CT Cobrasil e retomou as atividades. Antes, porém, a diretoria apresentou aos atletas o treinador do sub 17, Edinho Fernandes.

Parte do elenco tricolor. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
Buscando um grupo compacto e, principalmente, qualificar ainda mais o plantel, o elenco revelou caras novas: além de outros atletas, jogadores aprovados da última peneira.

Grande parte do elenco já é do conhecimento da torcida ferrense. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
A semana será de avaliação, como afirmou Filho Silva, preparador físico tricolor, além de falar sobre a importância de sua contribuição e a expectativa do comandante técnico que conduzirá o sub 19 no estadual.

Filho Silva, preparador físico do Ferrim. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
“Hoje a gente começou a avaliar o condicionamento aeróbio, a resistência deles... Amanhã e depois, faremos alguns testes de força e agilidade, pra que a gente possa sistematizar nosso trabalho... Pra gente é uma alegria muito grande estar contribuindo para a formação dos meninos e a gente só tem a ganhar como pessoa quanto profissional... Todo início tem uma certa euforia, mas a gente precisa esperar um pouco mais pra saber se essa expectativa vai ser alcançada... 

Filho conversou bastante com os atletas, antes das atividades. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
A esperança que a gente tem é a de que este ano seja bem melhor, que nós tenhamos um apoio maior, que venha um técnico com nova filosofia, com uma visão mais elevada que busque, realmente, alçar voos mais altos dentro do Ferroviário e que a gente possa contribuir da melhor maneira possível”, ponderou Filho.

Edinho Fernandes, Técnico do Sub17. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
O novo comandante do sub17 falou aos atletas acerca do seu trabalho e comentou, no intervalo da atividade, que agarrará a oportunidade que o clube lhe deu, já que, para ele, significa uma honra poder defender as cores do tricolor parnaibano. Honrado com a proposta do presidente Rodney Spindola, Edinho ainda citou a grandeza do clube e seu principal objetivo: ser campeão com a camisa ferrense.

Edinho também conversou com o grupo Sub17. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
“Está sendo excelente o meu primeiro dia no Ferroviário. A garotada muito promissora... e eu não poderia deixar essa oportunidade passar. Eu acho que é o sonho de qualquer treinador e o que me faz estar aqui hoje é esse desejo, essa garra, essa vontade que sempre tive de mostrar o meu talento, a minha visão técnica... O Ferroviário é grande, tem história e, quando criança, acompanhei muitos jogos, muitos títulos do Ferroviário e a grandeza do clube me motivou ainda mais (...), vestir essa camisa, resgatar a história do Ferroviário, poder ser um dos comandantes dessa garotada, que são os soldados (eu sempre digo isso onde ando)... Quem vence a batalha não é o comandante, são os soldados... 

"Quero ser campeão no Ferroviário", pontuou Edinho Fernandes. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
Confio no meu trabalho, na diretoria, na comissão técnica, nos atletas, nas pessoas que fazem o Ferroviário, na torcida que é apaixonada... Estou disponível e peço a Deus que nos abençoe e vamos resgatar a grande história que esse clube tem e alcançar nosso objetivo que é ganhar títulos. Graças a Deus, onde eu fui, consegui ser campeão, e aqui não vai ser diferente”, afirmou Edinho Fernandes, técnico do sub17 tricolor.

Ricardo Freire (Diretor de Futebol), Rodney Spindola (Presidente), Filho Silva (Preparador Físico), Ederlan Moraes (Técnico do Sub19) e Lucas Vinícios (Preparador de Goleiros). (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
Após apresentação e algumas atividades iniciais, o presidente do Ferrim, Rodney Spindola, observador que é, destacou a qualidade técnica de todo o grupo, enfatizando a necessidade de alguns ‘ajustes’.

Trabalho com os arqueiros tricolores. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
“Nossa reapresentação hoje foi muito boa, todos os jovens compareceram, inclusive dividimos o grupo em duas categorias, com duas comissões técnicas distintas, pra que a gente possa, realmente, dar chances a todos. A gente pretende aprimorar, dar chances pra que todos desenvolvam o trabalho, revelando atletas... 

Coletivo inicial já revelou valores coletivos. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
Estou muito satisfeito com o que vi aqui, porque o Ferroviário hoje está com um potencial muito bom, mas precisa aprimorar, lapidar e, por isso, as duas categorias, pra que esse trabalho tenha uma produtividade mais rápida”, disse Rodney Spindola.

Presidente tricolor, Rodney Spindola. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
O presidente também falou a respeito de Edinho Fernandes, citando o seu potencial e sua maneira de trabalhar. Para o presidente, Edinho chegou em boa hora, fortalecendo o grupo ainda mais.

Aqui, Edinho conversa com Ricardo Freire e Rodney Spindola. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
“O Edinho, como é do conhecimento de todas as pessoas que trabalham com o esporte em Parnaíba e cidades vizinhas, é capaz, consegue agregar valores, e isso para o Ferroviário foi um ganho. Eu acredito que, com trabalho do Edinho de um lado e, de outro, o trabalho do Ederlan, do Filho e do treinador futuro, a gente só tem a crescer. 

Ederlan Moares, treinador do Sub19. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
O nosso objetivo é montarmos um time competitivo, ganharmos a vaga para a Copinha e revelarmos atletas, conseguido encaixá-los em grandes clubes do futebol brasileiro”, finalizou Rodney Spindola, presidente do Ferroviário.

"Queremos um Ferrim ainda mais forte no piauiense desta temporada", falou Rodney Spindola. (Foto/Renneé Fontenele)
Amanhã (9), os trabalhos no CT continuarão e uma parte do grupo tricolor estará na Academia Evolução com Filho Silva.