Anuncio!!

Anuncio!!

sábado, 8 de abril de 2017

Nos pênaltis, Jaet vence Santos e vai à final do 1º Festival LPD

Renneé Fontenele | 08/04/2017 |
Partida foi bastante acirrada. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
A rodada dupla da Liga Parnaibana de Desportos, promovendo, no momento, o Cinquentão e o 1º Festival Desportivo, movimentou a noite desta sexta-feira (07), no estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba. Duas grandes partidas aconteceram.

Equipe do Santos Futebol Clube. (Foto/Renneé Fontenele)
Na preliminar do grande clássico parnaibano, e decidindo o outro finalista do Cinquentão, estiveram em campo Santa Cruz e Velha Guarda. A partida entre as duas equipes poderia até mesmo ter apresentado um confronto com mais gols. O que se teve, contudo, foi um duelo decidido por um gol a favor da Velha Guarda, vencendo o Santa e conseguindo a vaga da final do torneio, adversário do Neves Tintas no próximo domingo (9).

Equipe do Jaet Esporte Clube. (Foto/Renneé Fontenele)
No jogo de fundo, o mais esperado pelas torcidas no estádio, Santos e Jaet se enfrentaram e confirmaram a tradição de um grande clássico do futebol amador parnaibano.

Claudiomar Seixas, Diretor de Arbitragem da LPD, entre os árbitros. (Foto/Renneé Fontenele)
Depois de uma bela apresentação inicial, entrando em campo as duas equipes perfiladas, a bola rolou e não faltou emoção.

Logo aso 10 minutos de jogo, Matheus Garcia sofre falta pela direita, cobrada na sequência por ele. Cruzamento na área do Jaet e o cabeceio para a defesa de Flamarion. Cinco minutos após, a resposta do Jaet veio pela direita, mas a defensiva alvinegra estava bem postada.

Goleiro Flamarion do Jaet, o nome do jogo. (Foto/Renneé Fontenele)
 O Santos persistia mais no ataque, até então, e chegou com perigo em chute de longa distância de Edson, passando muito perto da meta de Flamarion.

Lá e cá, o Jaet contra-ataca, pressionando a zaga alvinegra em dois lances muito parecidos pela direita. A equipe alvinegra ataca, enfim, com maiores chances de marcar aos 23 minutos, quando Matheus se desloca na área e tenta, de cabeça, vencer Flamarion, mas não consegue.

Os capitães das equipes entre a dupla de árbitros. (Foto/Renneé Fontenele)
Na volta do intervalo, o equilíbrio permaneceu em campo entre as duas equipes. De um lado, a boa articulação no ataque. De outro, a defensiva bem postada.

Aos 15 minutos, entretanto, a rede balançou. Após bola alçada na área do Jaet pela direita, a devolução de Matheus para a finalização até o gol de Flamarion. Na jogada, segundo arbitragem, o gol foi irregular.

A arbitragem também entendeu irregular a jogada do gol do Jaet, quando, em lance trabalhado pela esquerda, a triangulação pelo meio e a conclusão para o gol, aos 16 minutos.

Grupo do Santos esperando pelas cobranças das penalidades. (Foto/Renneé Fontenele)
Um pra lá e um pra cá. Foram assim anulados ambos os gols, encerrando o embate no tempo normal sem o placar aberto e a decisão nas penalidades máximas foi exigida.

Antes das cobranças, o volante Élio Dourado do Jaet foi pragmático, afirmando que faltou um pouco de entrosamento do meio de campo, mas que a classificação viria nas penalidades.

Grupo do Santos esperando pelas cobranças das penalidades. (Foto/Renneé Fontenele)
“Faltou entrosamento no meio de campo da equipe, tivemos uma oportunidade e fizemos o gol e o árbitro deu impedimento, mas, se Deus quiser, vamos passar nos pênaltis para sermos campeões no domingo”, disse.

Diretores da LPD. (Foto/Renneé Fontenele/Ascom)
Com vitória nas cobranças diretas, a equipe do Jaet venceu o Santos por 3 a 1 e garantiu vaga na final do 1º Festival Desportivo, cuja decisão acontecerá dia 9 (domingo, amanhã), às 9h.